Roxy Pro: Nova geração chega com tudo

  • por

Fonte: Waves Terra

 

As novidades que estão entrando em cena a partir deste ano são para se observar atentamente a que nível está sendo jogado o tour feminino da ASP.

 

Muitas estreantes chegam junto com fome de vitórias, repercussão na mídia e com a tentativa de abocanhar o maior número possível de dólares e patrocínios.

 

Pode-se constatar também que, dentro da elite, uma frente adolescente vai barbarizar o tour na temporada.

 

São muitas as novidades, como a entrada de Alana Blanchard. A havaiana entra na vaga de nossa Jacqueline Silva, 33 anos, surfista experiente que não logrou classificação na temporada.

 

Falando sobre o Brasil, temos somente uma representante na arena  do surf feminino. A cearense, Silvana Lima, 27 anos, que recebeu wildcard da ASP por contusão.

 

Segundo informações e declarações da atleta, ela não via a hora de recomeçar e sente estar preparada mais uma vez para as viagens exaustivas do tour e para as ondas. Ela vem treinando full-time e sente que já se encontra 100% para as competições, encerrando a prova de abertura do tour em nono lugar.

 

Nesta temporada, Silvana vai se defrontar com o surf seguro e inquieto de muitas meninas novas, que entraram no tour com memoráveis vitórias na segunda divisão.  O título mundial de 2013 será disputado intensamente por uma elite de adolescentes, fazendo frente às mais experientes, como a australiana Tyler Wright, campeã da primeira etapa e que está mostrando que seu nível de performance no mar, sobe assim como as ondas.

 

E Tyler vai lutar de igual para igual com Steph ou Sally. A norte-americana Lakey Peterson, que a cada evento se encaixa mais nos critérios dos juízes também está evoluindo em natural progressão dentro do tour.

 

A sul-africana Bianca Buitendag, local de uma pequena praia, Victoria Bay, anda mostrando ao mundo a força de seu backhand of the lip. Todas elas com apenas 18 anos de idade.

 

A havaiana Malia Manuel tem 19, e muita energia para queimar. Tambem não podemos descartar, clara e obviamente, a pentacampeã mundial Stephanie Gilmore, que completou 24 anos no início deste ano. E com seu carisma e surf, sente a fome por novas vitórias, desafios e canecos de campeã mundial por mais algumas temporadas.