Proteção ou localismo?

  • por

Fonte: http://noticiadesurfista.com.br/?p=157

 

Uma revista Norte Americana publicou há algum tempo um artigo com o nome “The life of Salina Cruz: A Pointbreak Sensation”, onde foi revelada a localização de um dos destinos de surf mais secretos do México.

 

Os surfistas locais de Salina Cruz/ Oaxaca indignaram-se ao ler a matéria e com o orgulho ferido, tomaram providências para banir dali qualquer mídia estrangeira por um período de 2 anos, bem como toda a indústria do surf.

 

E conseguiram. Com a idéia de aumentar a proteção e conservação de suas praias criararam uma associação civil que mantém esses santuários do surf longe da exploração de pessoas de fora da comunidade. Assim, todos os fotógrafos e câmeras profissionais não têm permissão para gravar ou tirar fotos nesses locais.

 

“O objetivo principal da nossa associação é que os surfistas locais se beneficiem em ter um trabalho decente baseado no que eles mais amam, que é poder surfar e ao mesmo tempo ajudar a preservar o meio ambiente, direcionar o turismo, e poder desfrutar das ondas de sua terra natal, com o respeito que merecem” noticiou a imprensa.

 

Os surfistas de Salina Cruz convidam os surfistas estrangeiros a contratar os serviços de um surfista local, tanto para guia turístico como para fotografia, acomodação, transporte, etc., com a finalidade de ajudar a economia local, já que Oaxaca é um dos 3 estados mais pobres do México.

 

Além dos surfistas, os motoristas mexicanos também entraram na onda e fizeram barricadas nas estradas para vetar a entrada dos carros alugados, bem frequentes. Explicaram: fizemos isso para que os carros não ficassem atolados bloqueando o caminho dos fazendeiros que devem chegar ao seu trabalho com tratores.

 

Há ainda um aviso final para a indústria do surf: “Nós queremos que Salina Cruz seja um destino de surf livre de controle estrangeiro, que a economia e renda derive do turismo para o benefício da população local e que a estadia dos visitantes seja agradável, segura, confortável, sem problemas e divertida.”

 

Por Nana Meloso – Redação Noticia de Surfista