Cachalote morre por comer 18 quilos de plástico

  • por

Fonte: IBC

 

Há cerca de um ano atrás, uma cachalote de 4.500 quilos e 10 metros de comprimento foi encontrada morta em uma praia em Granada, na Espanha. Diante do fato, uma equipe de cientistas coletou amostras biológicas para determinar a causa da morte, mas grande foi sua surpresa quando abriu o estômago do animal e encontrou 59 pedaços de plástico, além de duas panelas, cordas e latas de spray, totalizando 18 quilos.

 

Os peritos reconheceram que o que foi encontrado no estômago da cachalote é um plástico típico das estufas encontradas ao longo da costa da Espanha. Um desses plásticos obstruiu o estômago do animal,  fazendo-o explodir e liberando seu conteúdo na cavidade abdominal. O animal apresentava sinais de desnutrição e não havia restos de alimento presentes; o intestino estava vazio. A causa da morte foi, presumivelmente, a ruptura gástrica causada pelos plásticos, unida ao problema de desnutrição do animal.

 

Para ler essa matéria na integra, acesse o site do jornal espanhol El Diario.