Boas práticas do surfista

  • por

• Escolha um lugar adequado para o seu nível de surfe. Isso evita acidentes situações perigosas e quebra de pranchas. Segurança em primeiro lugar, sempre.
• Não largue a sua prancha. Uma prancha solta pode representar pranchadas e quilhadas em banhistas, outros surfistas e pranchas.
• Não surfe próximo de banhistas. Eles não sabem a trajetória que irá fazer ou podem até se colocar no seu caminho tentando desviar.
• Reme longe de onde as pessoas estão surfando. Isso te dá duas possibilidades: (1) Contorne as ondas por uma parte em que elas não tenham mais força, de forma que não atrapalhe quem está surfando; ou (2) passe por baixo da espuma da onda quebrando, já que quem está surfando geralmente não está na espuma.
• Respeite a prioridade em cada onda. Quem está com prioridade para pegar a onda é aquela pessoa que está mais próxima de onde a onda vai quebrar, porque é a pessoa que conseguiria fazer a maior trajetória na onda. Se você acidentalmente pegar uma onda de alguém com prioridade, dê a volta por cima da onda para sair da frente dele. Se a pessoa com prioridade não consegue pegar a onda, a prioridade passa para a segunda pessoa mais próxima do ponto crítico, e assim por diante.
• Se a onda têm tanto esquerda e direita, duas pessoas podem surfar a mesma onda (uma para cada lado). Se alguém não vai chegar tão longe na onda (por exemplo, um iniciante que está apenas surfando reto), você pode entrar na onda também.
• Don’t snake. Isso significa “roubar” uma onda de alguém que já se posicionou e está remando para pegar a onda! Acontece quando você se posiciona mais próximo de onde a onda está se quebrando, assim, a pessoa que já estava posicionada e remando para pegar a onda vai ter que te deixar passar, pois você roubou a prioridade.
• Divida as ondas! Se percebe que você e alguém está pegando as mesmas ondas, tente deixar o número de ondas equilibrados para ambos. Em lugares em que as ondas quebram de forma regular, é comum existir uma fila de surfistas. Se você tentou pegar a onda mas não achou “satisfatória”, ainda é seu dever ir para o final da fila.
• Seja educado. Às vezes acontece de acidentalmente quebrarmos uma dessas dicas de boa convivência. Nesse caso, pedir desculpas é a melhor solução.
• Não se estresse demais em lembrar de todos esses conselhos. Conforme você passar tempo na água, você vai se adaptando e percebendo as prioridades. Também é fácil saber quando você fez alguma coisa sem querer ou por más intenções, então desde que tenha boas intenções e peça desculpas quando perceber que interferiu no surfe de alguém, está tudo em harmonia.

Veja também: